MORINGA POA: Mudas de Moringa Oleifera - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
.
MORINGA OLEIFERA

Moringa oleifera, cobhecida no Brasil como Acácia branca, é a árvore mais nutritiva encontrada na terra. Moringa cresce em condições tropicais e esta árvore é nativa da Índia e da África.

A árvore da moringa prospera em condições secas com muito pouca quantidade de água. Na língua africana, a árvore Moringa é conhecida como árvore que nunca morre. Isto é devido à sua capacidade de sobreviver em condições secas agudas.

As Folhas da Moringa são a parte mais nutritiva da árvore de Moringa e são amplamente utilizadas em saladas, caril e chutneys na Índia. Atualmente, a Moringa está se popularizando mundialmente como um suplemento nutricional por causa de seus altos teores de vitaminas e minerais.

O benefício da árvore da Moringa é que todas as partes da árvore são usadas e nada é gasto.

A árvore Moringa produz frutas muito deliciosas, comumente conhecidas como “Baquetas”, e elas têm um papel muito importante nas cozinhas indianas e também são muito nutritivas. As vagens secas de Moringa (baquetas) contêm sementes e estas sementes quando esmagadas fornecem o maravilhoso óleo de Moringa. O óleo de moringa é usado como um dos principais ingredientes na indústria cosmética. O pó de sementes de Moringa é uma rica fonte de proteína natural à base de plantas.

Folhas de moringa, que é a parte mais nutritiva da árvore de Moringa, é carregada com vitaminas e minerais. Por esta razão, é conhecida como uma potência da nutrição. As folhas da moringa contém os seguintes nutrientes.

Proteína - Gordura - Carboidrato - Fibra - Minerais - Cálcio - Magnésio - Fosforoso - Potássio - Valine - Ferro - Vitamina A .- Vitamina B1 (Tiamina) - Vitamina B2 (Riboflavina) - Arginina - Histidina - Leucina - Triptofano - Fenilanalina - Metionina - Treonina - Isoleucina -

DICAS DE CULTIVO

A Moringa oleifera é originária da Índia, dos vales do sul do Himalaia. Hoje pode ser encontrada nas zonas tropicais e subtropicais, mas pode ser cultivada no clima gaúcho, se cuidada com carinho. Moringa, que também é conhecida como "Árvore da vida", pode crescer tanto em solos pobres, quanto solos ricos. Ela cresce rapidamente e pode ter sua guia central podada quando atinge 1,9 metros para facilitar a coleta das folhas e estimular o crescimento radial (galhos laterais). Pode ser plantada diretamente no solo, ou em vasos na varanda do seu apartamento.

Nossas mudas pequenas tem que ser cultivadas em vasos, protegidas da geada e num local que pegue sol, com rega diária, até atingir 60 a 80 cm, antes de ser transplantadas para o chão, ou, vaso permanente, que deve ter o maior tamanho possível. As mudas pequenas devem ficar nos pré-vasos em que são vendidas até alcançarem 30 a 40 cm e depois transplantadas para um vaso maior até atingir 60 a 80 cm. Elas demoram menos de um ano para atingir esse tamanho. As mudas médias podem ser mantidas nos pré-vasos nos quais são vendidas até atingir o tamanho de transplante. .

Como receber a muda.

Logo após receber a muda, deixe-a em um local que pegue apenas o sol da manhã durante uma semana, depois: sol pleno. .

Rega diária, sem encharcar. Caso chova muito, coloque a muda em local coberto. Nessa fase inicial da vida da Moringa, as folhas amarelam e caem com excesso de rega, ou muita chuva. .

No Inverno, proteger da geada. .

Ao transplantar para vaso maior, cuidar para manter a integridade do torrão, pois ela possui raízes muito frágeis (Usar substrato bem drenante.) .

Quando a planta atingir 60 a 80 cm, você pode plantar no solo, no lugar definitivo, ou em um vaso bem grande. De preferência, efetuar esse processo no meio da Primavera. .

Como cultivar a Moringa oleifera depois que ela está no local permanente. .

É uma planta de baixa manutenção, tolerante à seca e raramente necessita de fertilizantes. .

Localização .
Plantar a Moringa em um local que é ensolarado e menos ventoso e recebe pelo menos 6 horas de luz solar por dia. .

Solo.
O solo deve ser profundo, rico em matéria orgânica, fértil e bem drenante. .

Rega.
Regue a planta moderadamente quando ela é jovem, uma vez estabelecida, você não precisa regá-la a menos que haja condições severas de seca. .

Fertilizante.
Ao cultivar a árvore moringa, você não precisa fertilizá-la. Em vez disso, alimente a planta com estrume ou composto orgânico, como o humus, e ela irá prosperar. .

Cuidados no inverno muito severo.
Como a temperatura abaixo de 0 C é prejudicial a ela, nesses casos, o cultivo da Moringa em vaso é a melhor opção. Com isso, você poderá movê-lo em ambientes fechados no inverno até que a temperatura suba e, se você tiver uma pequena estufa, coloque-a nela. Se possível, mantenha a Moringa Oleifera em temperatura acima de 6ºC.

NOSSOS PRODUTOS
Muda grande moringa
39 R$
Mostruário 9 mudas
180 R$
ARTIGOS EM DESTAQUE
CONTATOS
51 98622-2286
Fone: 55 51 98622-2286
moringapoa@gmail.com
LOCAL
Rua Theonila Carvalho da Motta, 194
Parque Santa Fé
Porto Alegre - RS
DICAS DE CULTIVO
A moringa oleifera é originária da Índia, dos vales do sul do Himalaia. Hoje pode ser encontrado nas zonas tropicais e subtropicais, mas pode ser cultivada no clima Gaúcho, se cuidada com carinho. Moringa, que também é conhecida como "Árvore da vida", pode crescer tanto em solos pobres, quanto em solos ricos. Ela cresce rapidamente e pode ser podada quando atinge 1,9 metros para facilitar a coleta das folhas e estimular o crescimento radial. Pode ser plantada diretamente no solo, ou em vasos na varando do seu apartamento.

Como cultivar Moringa oleifera

Nossas mudas pequenas tem que ser cultivadas em vasos, protegidas da geada e num local que pegue sol, com rega diária, até atingir 60 a 80 cm, antes de ser transplantadas para o chão ou vaso permanente, que deve ter o maior tamanho possível. As mudas pequenas devem ficar nos pré-vasos em que são vendidas até alcançarem 30 a 40 cm e depois transplantadas para um vaso maior até atingir 60 a 80 cm. Elas demoram menos de um ano para atingir esse tamanho. As mudas médias podem ser mantidas nos pré-vasos nos quais são vendidas até atingir o tamanho de transplante.

Como receber a muda.

Logo após receber a muda, deixe-a em um local que pegue apenas o sol da manhã durante uma semana e depois: sol pleno.

Rega diária, até a água escorrer pelos furos inferiores do vaso. Caso chova muito, coloque a muda em local coberto. Nessa fase inicial da vida da Moringa, as folhas amarelam e caem com excesso de rega, ou muita chuva.

No Inverno, proteger da geada.

Ao transplantar para vaso maior, cuidar para manter a integridade do torrão, pois ela possui raízes muito frágeis (Usar substrato bem drenante.) .

Quando a planta atingir 60 a 80 cm, você pode plantar no solo no lugar definitivo ou em um vaso bem grande. De preferência, efetuar esse processo no meio da Primavera.

Como cultivar a Moringa oleifera depois que ela está no local permanente.

É uma planta de baixa manutenção, tolerante à seca e raramente necessita de fertilizantes. .

Localização .
Plantar a Moringa em um local que é ensolarado e pouco ventoso e que receba pelo menos 6 horas de luz solar por dia.

Solo.
O solo deve ser profundo, rico em matéria orgânica, fértil e bem drenante.

Rega.
Regue a planta com abundancia no verão e moderadamente no inverno. Uma vez estabelecida, você não precisa regá-la a menos que haja condições severas de seca.

Fertilizante.
Ao cultivar a árvore moringa, você não precisa fertilizá-la. Em vez disso, alimente a planta com estrume ou composto orgânico, como o humus, e ela irá prosperar.

Cuidados no inverno muito severo.
Como a temperatura abaixo de 0 C é prejudicial para a planta, nesses casos, o cultivo da Moringa em vaso é a melhor opção. Dessa forma, você poderá movê-la para ambientes fechados no inverno até que a temperatura suba. Se você tiver uma pequena estufa, coloque-a nela. Se possível, mantenha a Moringa Oleifera em temperatura acima de 6ºC.
CONTATOS
51 98622-2286
moringapoa@gmail.com
LOCAL
Rua Theonila Carvalho da Motta,
194
Parque Santa Fé
Porto Alegre - RS